segunda-feira, 23 de março de 2015

É tão natural...




É tão natural destruir o que não se pode possuir, 
negar o que não se compreende, insultar o que se inveja.

Honoré de Balzac