domingo, 29 de março de 2015

Enquanto houver...



Enquanto houver um louco, um poeta e 
um amante haverá sonho, amor e fantasia. 
E enquanto houver sonho, 
amor e fantasia, haverá esperança.
William Shakespeare