sábado, 21 de março de 2015

Vítima




Vítima

Fui vítima do meu próprio abandono
neguei o sono pelo claro da incerteza
tanta beleza desaguando em outro dono
e o outono disfarçou toda tristeza.

Guibson Medeiros