quinta-feira, 26 de novembro de 2015

A voz do inconsciente...

A voz do inconsciente é sutil, 
mas ela não descansa 
até ser ouvida. 
Freud